Dicas de hábitos saudáveis e suplementos naturais que aumentam os espermatozóides  - dicas de habitos alimentares 860x569 - Dicas de hábitos saudáveis e suplementos naturais que aumentam os espermatozóides

Dicas de hábitos saudáveis e suplementos naturais que aumentam os espermatozóides

Print Friendly, PDF & Email  - printfriendly pdf email button md - Dicas de hábitos saudáveis e suplementos naturais que aumentam os espermatozóides
Dicas de hábitos saudáveis e suplementos naturais que aumentam os espermatozóides
5 (100%) 1 voto

Alguns casais com dificuldades em gerar filhos, procuram inúmeros recursos que vão desde crenças populares até fertilização in vitro. Geralmente é a mulher que começa uma investigação clínica sobre suas condições de saúde para saber se está apta a engravidar, mas cabe também aos homens participarem dessa investigação, pois quando não há uma produção adequada de espermatozóides, tanto em quantidade como em qualidade, as chances de sucesso para uma gravidez ficam bastante escassas ou até mesmo nulas.

Por outro lado, há também uma preocupação por parte de alguns homens em relação a performance sexual e para estes também vale alguns recursos a fim de melhorar a quantidade de espermatozóides e a ejaculação, que estão diretamente relacionadas.

Todos sabem que para que haja a presença dos espermatozóides é preciso que haja a testosterona, mas em um nível adequado, não excedente, pois se este hormônio estiver em excesso trará muitas consequências perigosas à saúde, no entanto alguns homens podem acreditar que quanto mais testosterona, melhor será. Não é bem assim, porque o corpo tem um perfeito equilíbrio e não é bom a falta e nem o excesso, e sim a quantidade adequada.

Por ser perfeito, o organismo tem a capacidade de guardar o necessário e excretar o que está sobrando, então exceder quantidades de hormônios e vitaminas por exemplo é prejudicial.

É possível aumentar o número dos espermatozóides sem correr riscos com o excesso de testosterona, porque existem soluções mais naturais às quais será possível recorrer, como a prática de exercícios físicos, que em alguns estudos já foi associada a melhora da quantidade de espermatozoides, hábitos alimentares com a inclusão de algumas vitaminas específicas e também o uso de suplementos.

Hábitos alimentares

Existem muitos alimentos que influenciam na produção de espermatozóides, uns podem diminuir e outros aumentar essa produção.

Alimentos como carne vermelha, bebidas alcoólicas e café estão associados a infertilidade masculina, por isso é aconselhável uma mudança de hábitos diminuindo este consumo.

Aumentar o consumo de alimentos ricos em selênio, vitamina A, vitamina c, vitamina e, Vitamina D e zinco, ajudará a regular a quantidade dos espermatozóides, confira:

  • Selênio e vitamina A: ajudam a produzir espermatozóides mais saudáveis.
  • Alimentos ricos em selênio: castanha do Pará, arroz e farinha integral, ovos, ostras, atum, aveia, centeio, lombo de porco, queijo, feijão.
  • Alimentos ricos em vitamina A: fígado, gema de ovo, cenoura, mamão, manga, abóbora, couve, espinafre, leite de vaca, queijo minas frescal.
  • vitamina c: auxilia a produção em nível regular de espermatozóides.
  • Os alimentos ricos em vitamina c são: acerola, kiwi, limão, mexerica, laranja, morango, rúcula, salsinha, pimentão, goiaba, goji berry, caju, etc.
  • vitamina e: está diretamente relacionada com a mobilização dos espermatozóides.

É encontrada nos seguintes alimentos: amendoim, abacate, óleo e semente de girassol, óleo de gérmen de trigo, óleo de milho e de soja, brócolis, espinafre, nozes, azeite de oliva, salmão, etc.

  • Vitamina D: aumenta os níveis da testosterona. Esta vitamina é produzida mais acentuadamente na exposição solar.

Pode ser encontrada nos seguintes alimentos: gema de ovo, sardinha e atum frescos e enlatados, iogurte, manteiga, carne de boi.

  • Zinco: tem atividade direta na produção dos hormônios sexuais, aumentando a testosterona naturalmente.

Este mineral encontra-se nestes alimentos: castanhas, amêndoas, grão de bico, ostras, mariscos, camarão e outros frutos do mar, semente de abóbora, fígado de boi, grãos integrais, iogurte desnatado, amendoim, etc.

Exercícios físicos

Estudos realizados em universidades da Alemanha e Irã, demonstraram que em homens saudáveis, a prática de exercícios como corrida e outras atividades aeróbicas, os espermatozóides tiveram uma mobilização mais rápida e também um formato melhor, o que significa melhor qualidade.

Portanto, a prática de exercícios sem exageros é benéfica para melhorar a produção dos espermatozóides, mas o excesso pode prejudicar, sendo assim não adianta malhar até a exaustão pois isso vai atrapalhar mais do que ajudar.

Hábitos que prejudicam

  • Fumar:  o fumo diminui a contagem de espermatozóides, se você quer melhorar este nível, fique longe do cigarro!
  • Usar roupas íntimas apertadas: os espermatozoides não resistem a altas temperaturas, por isso se a roupa estiver apertada, criará um ambiente quente que poderá prejudicar na produção.
  • Falta de descanso: dormir bem é fundamental para uma boa produção de espermatozoides.
  • Beber em excesso: o álcool pode provocar a desidratação e diminuir o esperma, diminuindo a produção dos espermatozoides.
  • Excesso de peso: a gordura corporal desequilibra os hormônios, causando uma queda da testosterona.
  • Uso de anabolizantes: eles aumentam os músculos, mas causam esterilidade apesar de terem testosterona, pois diminui a quantidade de esperma.

Suplementos que ajudam

Como foi descrito acima no tópico dos alimentos, as vitaminas A, C, D, E, selênio e o zinco são micronutrientes importantes para a melhora da quantidade e qualidade dos espermatozóides. Eles devem ser incluídos na alimentação, mas podem ser usados também em formato de suplementos, por isso essas vitaminas e minerais entram na lista, mas devem continuar fazendo parte também da rotina alimentar.

Lembrando que os suplementos de vitaminas e minerais serão necessários quando só a alimentação não for capaz de suprir as necessidades.

Além das vitaminas e minerais, há suplementos a base de plantas e ervas que também poderão ser prescritos, alguns são bastante populares e além de melhorar a performance sexual e a quantidade de espermatozóides, também ajudam a aumentar a massa muscular. Confira aqui:

  • tribulus terrestris: acredita-se que esta planta é capaz de auxiliar na produção de testosterona e aumentar dos espermatozóides, além de aumentar o desejo sexual e a massa muscular, melhorando também a performance esportiva. Este suplemento pode ser usado também por mulheres para aumentar a libido.

Esta erva pode auxiliar no controle do colesterol e na regulação da pressão arterial, apesar de não haver comprovação científica a respeito de seus efeitos.

É encontrada em cápsulas, pó e folhas secas.

tribulus terrestris comprar  - tribulus - Dicas de hábitos saudáveis e suplementos naturais que aumentam os espermatozóides

  • maca peruana: é uma raiz de origem Peruana e milenar, mas atualmente também é cultivada na China e se tornou muito popular pela fama de melhorar a atividade sexual, muitas pessoas a chamam de viagra natural.

Estudos realizados na Inglaterra e no Peru, mostraram que homens que consumiram a raiz in natura, tiveram melhora em disfunções sexuais, assim como melhorou as chances de gravidez em mulheres que também consumiram a raiz. Pode ser encontrada na forma de suplemento em cápsulas ou em pó.

  • Ginseng indiano (Ashwagandha): é uma planta adaptógena (modula como o corpo responde ao estresse e mudança de ambiente), esta planta é usada há séculos pelos indianos na medicina ayurvédica para melhorar muitos problemas de saúde, pois ela parece melhorar condições como inflamações, fadiga, estresse, tosse e etc. Parece ter ação reparadora, rejuvenescedora, pois ela é antioxidante e protege o sistema imunológico, além de ter efeito sonífero.

Foram realizados alguns estudos que demonstraram resultados satisfatórios a respeito a ação do ginseng indiano, para a melhora da função da tireóide, proteger o cérebro e prevenir o câncer, entre outras.

Mas além de todas essas funções, esta planta também está associada a uma melhora na performance sexual, produção e melhora da mobilidade dos espermatozóides.

Este suplemento pode ser encontrado em cápsulas, comprimidos ou em pó.

Os suplementos a base de ervas e plantas podem ser encontrados já prontos ou poderão ser manipulados, mas devem ser receitados pelo médico que irá alertar sobre a dosagem e possíveis.

  • T-UP

Super complexo natural para o aumento dos níveis da testosterona. Formula de alta absorção e eficácia com ingredientes testados e aprovados. T-UP irá ajudar seu organismo a aumentar ao máximo sua produção de testosterona.

t-up comprar  - t up - Dicas de hábitos saudáveis e suplementos naturais que aumentam os espermatozóides

 

Considerações finais

Os suplementos existem para auxiliar em determinadas condições, antes de lançar mão deste recurso é preciso primeiro testar todas as outras alternativas, como a alimentação balanceada e rica em nutrientes que ajudarão a equilibrar o nível de espermatozóides e testosterona, a prática de atividade física, a diminuição da ingestão alcoólica, parar de fumar se esse for o caso e outras medidas citadas aqui.

Se a alternativa for fazer uso de suplementos, somente o médico deverá recomendar a dose e o tempo de duração do tratamento.

Referências:

  • https://ativoesaudavel.com.br/blog/estilo-de-vida-saudavel/
  • https://horadotreino.com.br/habitos-saudaveis/
  • https://vilamulher.uol.com.br/bem-estar/motivacao/10-habitos-saudaveis-que-voce-deve-adotar-11-1-71-188.html
  • https://www.homemdesaude.com.br/aumentar-a-fertilidade-masculina/
  • https://www.suasaudetemvalor.com/como-produzir-e-ejacular-500-mais-semen/

 

Começou a se interessar por esporte logo após concluir a faculdade de jornalisto, quando mudou o foco de trabalho para atuar com nutrição esportiva, para isso iniciou uma nova graduação e em seguida a especialidação. Hoje ajuda milhões de pessoas no Blog SMB e também com divulgações científicas.

Nos conte sua opinião!

x'